A vida é uma louca demente a espera de um sentido.
Vazio almejando a ousadia de um sonho.
Imprescindível escrever o sentido, domar a fera.
Renunciar a escolha é se atirar ao acaso.
Há o risco de ser dragado pelo sentido alheio.

Joomla templates by a4joomla